Tomar a selfie perfeita é mais difícil do que parece. De problemas de iluminação a manchas na pele e a extensão do seu braço limitado, muitas vezes há várias coisas em jogo que o impedem de apresentar seu melhor rosto, por assim dizer. Antes de compartilhar outro auto-retrato de smartphone nas redes sociais (ou relegá-lo imediatamente ao lixo), aprenda a ficar melhor em selfies com alguns truques fáceis (e geralmente gratuitos) do comércio.

Uma selfie com um gato em primeiro plano

1. Procure luz natural

A luz natural é sempre a mais lisonjeira, portanto, sempre que possível, tire suas selfies ao ar livre. No entanto, fotografar ao ar livre também tem seus desafios. O sol brilhante do meio-dia pode causar olhos semicerrados, sombras duras e destaques soprados, portanto, posicione-se com o sol atrás da cabeça. Você ficará com luz de fundo e seu cabelo parecerá brilhante, o que é sempre muito mais bonito do que apertar os olhos.

Como alternativa, você pode ficar à sombra de um prédio ou de uma árvore. Cuidado com a luz irregular e pouco lisonjeira que é filtrada através dos galhos das árvores - os pontos brilhantes sempre superexporão e parecerão muito brilhantes na foto.

Preso dentro? Aproveite a luz natural vinda de fora, tirando sua selfie enquanto olha para uma janela ou em pé em uma porta aberta.

2. Faça a luz artificial funcionar para você

Se você estiver dentro de casa e não encontrar luz natural - por exemplo, você trabalha em um cubículo ou já está escuro lá fora - tente experimentar diferentes lâmpadas e luzes no teto, uma dica que vem de Donna Kim, especialista em estilo de vida e beleza e criador do DonnaDaily.com. As lâmpadas podem produzir uma variedade de temperaturas de cor, algumas das quais são mais lisonjeiras para tons de pele do que outras. Então, quando estiver pronto para dizer "queijo", encare a fonte de luz em vez de bloqueá-la com o corpo para obter um brilho suave e uniforme.

Em uma pitada, as lâmpadas podem oferecer uma iluminação agradável para as selfies.

3. Desligue o flash

O flash não é seu amigo. A menos que você goste da aparência das selfies quando estiver superexposta e o fundo estiver totalmente escuro, lembre-se de desligar o flash da câmera antes de apontá-lo para o seu rosto. Os flashes da câmera funcionam melhor para iluminar objetos a uma distância intermediária, mas quando usados ​​de perto, sua luz intensa quase sempre o deixa lavado.

Se você costuma tirar selfies em lugares escuros ou fora de casa à noite, convém investir em uma capa de telefone que acenda. Uma escolha popular é o LuMee, que possui luzes LED reguláveis ​​nos lados esquerdo e direito para iluminação suave e uniforme.

Uma capa de telefone iluminada como o LuMee oferece iluminação suave para melhores selfies.

4. Defina a exposição e o balanço de brancos

A câmera embutida no telefone deve permitir que você ajuste a exposição simplesmente tocando na tela. Se a caixa que mede a exposição estiver posicionada em algo escuro como uma camisa da marinha ou uma sombra, a imagem será ajustada automaticamente e ficará mais clara. Se estiver pairando algo brilhante, a imagem na tela ficará mais escura. Para a exposição certa na sua selfie, toque na tela para que a caixa fique centralizada no seu rosto.

Também existem aplicativos de câmera, como o Camera + e o Open Camera, que permitem fazer outros ajustes manuais, como o ponto de foco e o balanço de brancos, oferecendo mais controle sobre o desempenho da sua selfie.

5. Encontre o seu melhor ângulo

É incrível a diferença que uma simples inclinação da cabeça pode fazer. Faça algumas fotos práticas, movendo o rosto para a esquerda e para a direita e depois levantando e abaixando um pouco o queixo até encontrar o ângulo mais lisonjeiro. Todos nós temos um lado do rosto que parece melhor que o outro - até supermodelos.

Em vez de segurar a câmera levemente acima da cabeça, o que Kim diz que pode funcionar quando você tira uma selfie em grupo, mas parece estranho para uma tomada individual, segure o telefone diretamente na sua frente com uma mão. Não olhe para a tela, no entanto. Em vez disso, olhe diretamente para a lente da câmera ou, para uma selfie mais sombria, para o lado.

Vire a cabeça e desvie o olhar para uma selfie mais lisonjeira.

6. Use um botão alternativo de liberação do obturador

A câmera frontal do seu telefone provavelmente tem uma resolução mais baixa que a câmera traseira, portanto, as selfies nunca parecem tão nítidas quanto as fotos tradicionais. Infelizmente, é ainda pior: tocar no botão do obturador na tela do telefone, a maneira mais fácil de tirar uma foto, cria algumas oscilações - e isso pode causar desfoque.

Uma alternativa popular é usar os botões de volume lateral do seu telefone. Eles não apenas sentem que você está pressionando o botão do obturador em uma câmera real, mas também facilitam a captura de uma selfie com uma mão.

Aqui está uma dica para os usuários do iPhone: se você estiver usando os fones de ouvido do seu telefone, ficará feliz em saber que os botões de volume também costumam ser outra liberação do obturador da câmera.

7. Afaste a câmera

Ao tirar uma selfie, ajuda a colocar a maior distância possível entre você e seu telefone, pois as câmeras dos smartphones tendem a criar distorção da lente quando mantidas muito próximas. Obviamente, se você estiver tentando tirar um auto-retrato que inclua mais do que apenas o seu rosto, simplesmente segurar o telefone no comprimento do braço não será suficiente. É aí que dispositivos como bastões de selfie são úteis. (Ou seja, se você se sentir confortável usando um bastão de selfie em público).

Use um aplicativo de timer para tirar uma selfie de mais longe.

Existem também pequenos tripés e suportes de telefone que permitem posicionar o telefone em uma mesa para tirar a foto. Dependendo da sua localização, um mini tripé (ou até mesmo encostando o telefone a um objeto maior e mais pesado) também pode funcionar. Faça o download de um aplicativo de timer interno ou invista em um controle remoto de câmera de baixo custo para garantir que você esteja em posição antes do obturador disparar. (E não esqueça que os fones de ouvido do iPhone podem servir como controle remoto gratuito!)

8. Abandone a cara do pato

Alguns anos atrás, estava na moda parecer que você estava chupando um limão na sua selfie, também conhecida como "cara de pato". Como o nome sugere, acontece que franzir os lábios para fora e para fora não era particularmente lisonjeiro. Lembre-se de que um sorriso fácil e autêntico quase sempre fica melhor em selfies do que o rosto de um pato ou a abertura de um peixe ou um sorriso de lontra do mar, qualquer que seja a próxima expressão facial popular.

Mas se o sorriso na câmera frontal for forçado, tente esta dica de um fotógrafo: Dê uma risadinha antes de pressionar o botão de liberação do obturador. Você verá que é difícil rir sem dar um sorriso.

9. Use aplicativos de edição de fotos

Apesar de seus melhores esforços para fotografar com iluminação adequada e capturar apenas o seu lado bom, às vezes as selfies precisam ser ajustadas na pós-produção. Os aplicativos de edição de fotos podem clarear imagens escuras, adicionar mais saturação e alterar o tom de uma foto. Donna Kim, por exemplo, adora Snapseed (disponível para iPhones e Androids) para alegrar o ambiente de suas selfies.

Existem até aplicativos de edição de fotos que podem remover manchas, suavizar a pele, adicionar volume aos cabelos ou até mesmo adicionar rímel e batom a um rosto nu. Os Kardashians usam o Facetune para editar suas selfies, um aplicativo poderoso e um tanto complicado disponível no iTunes e no Google Play. O Photo Editor by Aviary, outro aplicativo popular para iOS e Android, pode corrigir olhos vermelhos, desaparecer espinhas e clarear os dentes.

O Facetune é como o Photoshop para o seu telefone.

10. Adicione um filtro

Se você não estiver interessado em fazer alterações minuciosas, como ajustar curvas ou usar uma ferramenta de clone para criar uma pele clara, poderá alterar rapidamente a aparência da sua selfie adicionando um filtro. O Instagram oferece seu próprio conjunto de filtros, mas muitos especialistas em tirar fotos preferem usar o VSCO. Outra opção divertida é A Color Story, que apresenta mais de 100 filtros, além de vazamentos de luz, reflexos e nevoeiros de cores.