Em apenas algumas décadas, o campo da medicina tornou-se cada vez mais dependente de computadores para levar as formas mais avançadas de diagnóstico e tratamento aos pacientes. A influência da tecnologia de computador pode ser vista em sistemas de imagem, laboratórios clínicos, armazenamento de registros médicos e operações hospitalares, bem como nos escritórios comerciais de prestadores de serviços de saúde. A aplicação do computador nos serviços de saúde ajudou médicos e pesquisadores a avançar na ciência médica enquanto expandia o nível de atendimento dos pacientes.

Vigiando com vigilância os sinais vitais do paciente

Medical Imaging

Imagem médica é um termo amplo que abrange a tecnologia usada para criar imagens do corpo humano para estudo e diagnóstico. Inclui ressonância magnética (RM), ultra-som, tomografia computadorizada e raios-X. Todos esses dispositivos são controlados por computadores. Até a imagem de raios-X, usada em medicina desde o início do século 20, agora usa computadores para ajuste e transferência de imagens.

Patient Monitoring

As modernas máquinas de monitoramento de pacientes baseadas em computador permitem que a freqüência cardíaca, a atividade respiratória, a pressão arterial e outros sinais vitais críticos sejam coletados automaticamente em formato digital. Máquinas de monitoramento de computadores reduzem o tempo gasto em testes de rotina em consultórios médicos. Nos hospitais, eles têm a capacidade de atualizar automaticamente o prontuário do paciente e notificar a equipe do hospital sobre alterações nos sinais vitais do paciente.

Cirurgia Assistida por Computador

Os computadores são usados ​​para auxiliar no planejamento, ensino e execução de muitos procedimentos cirúrgicos. Um dos maiores desenvolvimentos recentes nessa área é a cirurgia assistida por robô (RAS), que permite que os cirurgiões usem dispositivos robóticos e software para concluir procedimentos minimamente invasivos. O cirurgião permanece sob controle e guia o dispositivo robô para concluir operações complexas em partes confinadas do corpo.

Redes e Comunicação Digital

As redes de computadores e a Internet aumentaram os meios de comunicação entre profissionais médicos com e-mail, mensagens instantâneas, bate-papos por vídeo e webinars. Ser capaz de se conectar digitalmente ajuda os profissionais de saúde a se manterem atualizados com os mais recentes desenvolvimentos médicos. Eles também podem consultar os colegas em tempo real e receber segundas opiniões para diagnósticos e opções de tratamento.

Telemedicina

O conceito de uma visita domiciliar está voltando aos cuidados de saúde na forma de telemedicina. Graças a computadores e smartphones, alguns profissionais médicos usam videoconferências para visitar remotamente os pacientes. Além de beneficiar pacientes que vivem em áreas rurais com opções limitadas de assistência médica, a telemedicina se mostrou útil após desastres naturais e em zonas de guerra.

Registros Eletrônicos de Saúde

Talvez um dos mais recentes desenvolvimentos importantes na área da saúde, o registro eletrônico de saúde (EHR) também seja um dos mais abrangentes. Um EHR é uma versão digital da ficha de papel de um paciente que está instantaneamente disponível para provedores de saúde autorizados. O governo federal dos EUA incentiva os prestadores de serviços de saúde a usar EHRs por meio de seu Medicare e Medicaid HER Incentive Program.

Bancos de dados médicos

Os computadores trouxeram o desenvolvimento de muitas soluções de software úteis na área médica. Grandes organizações de saúde pública, como a Organização Mundial de Saúde e os Centros para Controle de Doenças, acumularam enormes bancos de dados de informações relacionadas a doenças e estatísticas de saúde. Também existem bancos de dados públicos disponíveis com informações sobre substâncias tóxicas, resultados de pesquisas clínicas e cobertura de medicamentos.

Pesquisa médica

Grande parte das pesquisas atuais sendo feitas sobre doenças incuráveis, como AIDS e câncer, envolve a criação de simulações complexas por computador. Supercomputadores e sistemas de computadores distribuídos são capazes de lidar com grandes quantidades de dados de pesquisa e analisar milhões de resultados possíveis. O mapeamento do genoma humano é um exemplo de como os computadores estão avançando na pesquisa médica.

Administração de Computadores e Hospitais

A maioria dos hospitais depende muito de computadores e software especializado que lida com registros de pacientes, inventário de suprimentos, agendamento de pessoal e todos os outros detalhes necessários para cuidar dos pacientes. O uso de um computador em um hospital se estende a todos os departamentos, do centro cirúrgico ao refeitório. Hospitais maiores podem ter seus próprios servidores e redes de computadores particulares e uma equipe de especialistas em TI que os mantém.

Usos do computador nos escritórios

O consultório médico típico depende muito da tecnologia de computadores para as operações do dia-a-dia. Tudo, desde a programação do paciente até o faturamento e a apresentação de reclamações de seguros, ocorre através de um computador. Muitos médicos não escrevem mais prescrições, mas enviam uma prescrição digital do computador do escritório diretamente para a farmácia do paciente. Durante o diagnóstico, muitos médicos consultam bancos de dados on-line de condições médicas usando um computador em vez de olhar para um livro de medicina.