A internet é fundamentalmente uma ferramenta de comunicação e, desde sua criação, décadas atrás, as pessoas a usam para se comunicar. As primeiras formas de comunicação on-line na Internet que ainda existem incluem e-mail, grupos de notícias da Usenet, bate-papo com retransmissão na Internet e outros serviços de bate-papo. Mais recentemente, a internet desenvolveu a web, ferramentas de redes sociais, programas de mensagens instantâneas, ferramentas de videoconferência, programas de bate-papo mais recentes e chamadas telefônicas pela internet.

Homem com filho (6-11 meses) em casa

Compreendendo o histórico de comunicação da Internet

A internet como a conhecemos hoje evoluiu de um projeto de pesquisa da década de 1960 chamado Arpanet, nomeado para a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa, um braço do Pentágono que financia pesquisa e desenvolvimento científico básico. A agência percebeu que os computadores que estavam surgindo cada vez mais em escritórios, universidades e bases militares em todo o mundo seriam mais úteis se pudessem enviar dados entre si a longas distâncias.

No início da década de 1970, as pessoas já começaram a enviar e-mails entre computadores distantes entre si, inaugurando uma era de conexão e comunicação on-line. Na década de 1980, o protocolo de controle de transmissão, ou TCP, um dos principais protocolos usados ​​na comunicação pela Internet, havia sido desenvolvido, e a Usenet, a rede mundial de painéis de mensagens, havia sido criada.

Nomes de domínio de nível superior, como .com para entidades comerciais, .edu para instituições educacionais como universidades, .org para grupos sem fins lucrativos e .mil para instalações militares começaram a ser amplamente utilizados para dividir os tipos de grupos na Internet.

No início dos anos 90, Tim Berners-Lee, pesquisador da Organização Européia de Pesquisa Nuclear (CERN), desenvolveu a linguagem de marcação de hipertexto usada para criar páginas da web. Os navegadores da Web logo se tornaram disponíveis para os sistemas operacionais da época, incluindo o Windows 95 da Microsoft. Programas de bate-papo, como o Yahoo Messenger e o AOL Instant Messenger, também se tornaram populares nos anos 90. O e-mail se generalizou, com as pessoas recebendo endereços de seus provedores ou empregadores de serviços de Internet e, em breve, de serviços gratuitos como Yahoo Mail, Hotmail da Microsoft e Gmail do Google.

1. Email

O email é uma das ferramentas mais fundamentais de comunicação na Internet. Os endereços de email são necessários para se inscrever em muitos serviços on-line, e geralmente se supõe que todos na Internet tenham pelo menos um endereço de email. Os endereços de email estão disponíveis em muitos serviços gratuitos, com destaque para grandes empresas como Microsoft e Google. Alguns provedores de serviços de Internet também ainda fornecem aos usuários endereços de email.

Há alguma controvérsia sobre quem realmente inventou o email em rede, mas não há dúvida de que as mensagens estavam sendo enviadas de um computador para outro no início da história da Internet. Desde então, várias regras de etiqueta evoluíram em torno do uso de e-mail. Embora o email possa ser mais conciso e usar mais abreviações do que a correspondência impressa, ainda é geralmente uma boa idéia tentar usar ortografia e gramática claras e ser educado, principalmente porque é impossível ouvir o tom de voz de alguém quando você está enviando um email.

O e-mail tem sido usado como um meio de espalhar malware e golpes conhecidos como phishing, em que alguém se passa por um remetente confiável, a fim de induzir o destinatário a compartilhar senhas, números de contas ou outros dados confidenciais. Como resultado, é importante ter cuidado ao receber e-mails com anexos inesperados, que podem ser vírus, ou solicitações de fundos ou informações, que podem ser fraudes. Se você não tiver certeza de que um e-mail é legítimo, entre em contato com a pessoa que supostamente o enviou usando outros meios, como o telefone.

2. Bate-papo com retransmissão na Internet

Datado da década de 1980, o bate-papo por retransmissão na Internet foi uma das primeiras ferramentas de bate-papo na internet. Hoje ainda é usado para fins recreativos, coordenando equipes de trabalho e gerenciando o suporte técnico para alguns produtos de software de código aberto.

Usando redes de servidores da Internet e software cliente especializado, o IRC permite que qualquer pessoa crie salas de bate-papo ou "canais" dedicados aos tópicos de sua escolha. Ele influenciou os sistemas de bate-papo subsequentes, como o AOL e o Yahoo, e até contribuiu com a convenção de usar o símbolo "@" antes de um nome de usuário e o símbolo "#" para indicar um tópico.

3. Serviços de Mensagens Instantâneas

Na década de 1990, ferramentas de mensagens instantâneas baseadas em computador, como ICQ, AOL Instant Messenger, MSN Messenger e Yahoo Messenger, se tornaram formas populares de manter contato com pessoas da rua ou do mundo inteiro, sem nenhum custo além do que os usuários já pagaram para se conectar. a Internet. Algumas dessas ferramentas desenvolveram seguidores de culto entre tipos específicos de usuários, como a ascensão do Yahoo Messenger entre os comerciantes de petróleo.

A maioria dessas ferramentas iniciais foi aposentada pelas empresas que as operavam, embora algumas, como o ICQ, vivam com uma base de fãs leais.

4. Aplicativos de mensagens para telefone inteligente

A maioria das ferramentas de bate-papo dos anos 90 foi substituída por uma nova geração de ferramentas de mensagens, incluindo Facebook Messenger, Google Hangouts, Apple Messages e simples mensagens de texto baseadas em celular. Muitas dessas ferramentas funcionam em smartphones, computadores de mesa ou mesmo apenas em smartphones, além de conterem mais recursos do que as contrapartes anteriores.

As ferramentas de mensagens no local de trabalho, como Slack e Microsoft Teams, também se tornaram populares em muitas empresas como uma maneira de compartilhar informações sem atender o telefone ou até mesmo elaborar um e-mail.

5. Quadros de Mensagens da Internet

Muitos dos usuários atuais da Internet estão familiarizados com o conceito de fóruns de discussão on-line, incluindo grupos do Facebook, subreddits no site do fórum Reddit ou fóruns independentes em sites de interesse especial. Isso permite que as pessoas discutam as notícias do dia ou os detalhes de seus hobbies, condições médicas ou cidades de origem. Muitos possuem moderadores para manter a paz e repelir trolls, fraudadores e outros usuários indesejáveis.

Como diz o velho ditado, não acredite em tudo que lê. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de quadros de mensagens on-line, onde rumores e informações erradas podem se espalhar rapidamente. Também é uma boa idéia manter a calma, em vez de brigar ou brigar por esses fóruns.

6. Primeiros dias da Usenet

Antes dos sites de fórum de hoje, havia a Usenet. A Usenet, que ainda existe em forma reduzida, é um conjunto de grupos de discussão distribuídos focados em qualquer coisa, desde OVNIs até futebol. No auge, os usuários se conectavam a um servidor Usenet, geralmente executado pelo provedor de serviços de Internet, e baixavam as mensagens mais recentes dos grupos de notícias que assinaram usando um programa especializado chamado leitor de notícias. Quando eles queriam postar mensagens, eles os compunham em seus leitores de notícias, geralmente enquanto estão offline, e os enviam quando eles se conectam online.

A Usenet também permitiu a distribuição direta de arquivos grandes, que às vezes foram usados ​​para pirataria. A maioria dos sites de fórum modernos limita os envios a pequenas imagens.

7. A Internet

A World Wide Web pode ter começado como um projeto de pesquisa experimental no CERN, mas desde então se tornou uma das mídias dominantes no mundo. Praticamente todas as grandes empresas, organizações e agências governamentais têm um site, e muitas pessoas também.

A web talvez seja a forma dominante de comunicação na Internet, usada para tudo, desde compras, verificação do clima e acesso a outras formas de comunicação on-line, como e-mail e quadros de mensagens digitais. Mesmo muitos outros serviços acessados ​​através de aplicativos especializados para desktop ou smartphone ainda são baseados no protocolo de transferência de hipertexto, o sistema de princípio da Web para transferir informações.

Os usuários acessam a web através de programas especializados chamados navegadores, incluindo Microsoft Edge, Google Chrome, Mozilla Firefox e Apple Safari, disponíveis para computadores e outros dispositivos, como smartphones, tablets e até sistemas de videogame. Os sites são criados usando linguagens chamadas HTML, que explicitam a estrutura básica de um site; CSS, que especifica detalhes de como seus elementos são exibidos na tela; e JavaScript, que fornece lógica de programação para processar interatividade e processar dados.

Para muitas pessoas, a web é onde elas obtêm notícias, fazem compras, ouvem música, assistem TV e se comunicam com os amigos, deslocando muitas mídias existentes no passado. Muitas pessoas migraram para a web de outras mídias, alterando a economia de redes de TV, jornais, empresas de telefonia e outras. A web ainda é relativamente jovem e provavelmente continuará evoluindo nas próximas décadas, mesmo sendo uma das ferramentas de comunicação dominantes no mundo.

8. Ferramentas de redes sociais

Algumas das ferramentas de comunicação na Internet mais populares são os serviços de redes sociais, incluindo Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat e LinkedIn voltado para o trabalho. Esses serviços geralmente permitem que as pessoas se conectem e sigam postagens de um grupo escolhido de associados, compartilhando atualizações sobre suas vidas, carreiras ou reflexões ao longo do dia.

As pessoas costumam usar ferramentas de redes sociais para manter contato com amigos e familiares remotos e simplesmente para entretenimento. Algumas pessoas seguem atualizações de celebridades nas mídias sociais, e as redes mudaram a maneira como políticos e artistas se comunicam com o público. Muitas pessoas também as usam como forma de acompanhar as notícias, seguindo organizações de mídia no Facebook ou até jornalistas individuais no Twitter. Sites de redes sociais são geralmente gratuitos e suportados por publicidade.

As ferramentas de redes sociais se depararam com alguma controvérsia sobre a disseminação de rumores, notícias falsas, discursos de ódio e outros conteúdos indesejáveis, e alguns operadores de rede tomaram medidas para reduzir esse comportamento.

Como as ferramentas ainda são relativamente jovens, é provável que continuem evoluindo nos próximos anos e décadas para continuar a atender às necessidades do usuário.

9. Chamadas telefônicas pela Internet

Muitas pessoas mudaram para sistemas de chamada baseados na Internet, usando o que é chamado de Voice over Internet Protocol (VoIP), de telefones tradicionais, especialmente em escritórios. Os sistemas de VoIP podem ser mais baratos e mais rápidos de configurar do que os telefones tradicionais, e geralmente permitem chamadas internacionais e de longa distância por uma fração do custo dos telefones fixos.

Esses sistemas estão disponíveis através de provedores de serviços de Internet, incluindo muitos provedores de cabo e telefone tradicionais, bem como através de provedores independentes que podem usar sua conexão de Internet existente.

10. Videochamadas e Conferências

As videochamadas também se tornaram populares por manter contato com amigos ou familiares e por teleconferências de trabalho que, no passado, eram apenas de áudio. A adição de vídeo torna possível ver as expressões faciais das pessoas, o que pode facilitar a comunicação. Os colegas de trabalho também podem compartilhar apresentações e arquivos através de sistemas de vídeo, garantindo que todos estejam literalmente na mesma página durante uma discussão. Uma desvantagem, é claro, é que as pessoas precisam de um ambiente profissional e de roupas para uma chamada que, se apenas áudio, pode ser feita de qualquer lugar e em qualquer tipo de roupa.

Os sistemas populares de bate-papo por vídeo incluem o Skype, o Microsoft Hangouts e o Apple FaceTime da Microsoft. Os recursos de bate-papo por vídeo também são incorporados às ferramentas populares de mensagens do escritório, como o Slack. Geralmente, é possível conversar por vídeo com qualquer computador moderno ou smartphone equipado com uma câmera em funcionamento. Muitos programas de bate-papo por vídeo permitem que as pessoas tenham bate-papos somente em áudio, se preferirem.

O futuro da comunicação na Internet

Ninguém sabe ao certo como será a futura Internet, mas é improvável que tenhamos inovado. As empresas continuam a experimentar novos estilos de ferramentas habilitadas para a Internet, de fones de realidade virtual a relógios inteligentes a alto-falantes inteligentes equipados com assistentes virtuais. Tecnologias que costumavam ser separadas da Internet, como televisores, celulares e consoles de videogame, foram todas conectadas em rede por padrão nos últimos anos.

É provável que algumas tecnologias como email e a Web básica persistam, mas é bem possível que alguns dos sistemas de redes sociais e bate-papo sejam substituídos no futuro, assim como os jogadores atuais substituíram anteriormente esses sistemas.