Embora os computadores tenham evoluído significativamente nas últimas décadas, a funcionalidade principal - e o hardware que permite essas funções - não sofreu redefinição fundamental. Por esse motivo, não é muito difícil obter competência na operação básica de um sistema de computador e nos componentes principais de um computador desktop ou laptop moderno. As quatro partes principais de um computador que garantem que os usuários possam acessar uma ampla variedade de ferramentas e serviços incluem a unidade central de processamento, ou CPU, a placa mãe, o disco rígido e a memória de acesso aleatório ou RAM. A compreensão do papel dessas peças do computador ajudará você a entender melhor como o computador realiza o trabalho.

Close-up da placa mãe

As 4 partes principais de um computador:

A Unidade Central de Processamento

A unidade central de processamento, ou CPU, pode ser pensada como o "cérebro" de um computador. Usando uma combinação de funções aritméticas, processos lógicos e comandos de entrada / saída, a CPU recebe instruções de vários programas de computador em uso e as executa conforme necessário. A CPU moderna existe na forma de um microprocessador, que apresenta um único projeto de circuito integrado. Esta é uma partida dramática das primeiras unidades de CPU, que apresentavam uma construção baseada em transistor. Comparado às CPUs usadas na segunda metade do século 20, o hardware moderno é altamente eficiente, portátil e relativamente barato de fabricar.

A Placa Mãe

Uma CPU não pode atingir seu objetivo sem a ajuda da placa-mãe. A placa-mãe é uma placa de circuito impresso, ou PCB, encontrada dentro de um computador que não apenas hospeda a CPU, mas também atua como um gateway conectado a vários outros periféricos, incluindo placas de som, discos rígidos, placas de vídeo e assim por diante. A placa-mãe hospeda vários soquetes nos quais microprocessadores, como a CPU, podem ser conectados. A placa-mãe também está conectada à fonte de alimentação do computador e distribui a tensão elétrica para os componentes conectados. Simplificando, uma placa-mãe fornece uma plataforma crítica na qual o restante do hardware de uma CPU pode operar. Sem a placa-mãe instalada, um computador não funcionava.

Discos rígidos e RAM

O disco rígido, geralmente reduzido para HD, armazena dados que podem ser acessados ​​por vários outros programas a qualquer momento. Os discos rígidos fornecem aos usuários vários níveis de capacidade de armazenamento, com unidades mais caras, geralmente oferecendo mais espaço para armazenamento de dados e taxas mais rápidas de transmissão de dados.

É um pouco fácil confundir a função do disco rígido com a da memória de acesso aleatório ou RAM. Diferentemente de um disco rígido, a RAM é composta por uma série de chips que permitem apenas o armazenamento temporário de dados. Enquanto um disco rígido continuará armazenando dados mesmo depois que o computador for desligado, a RAM será limpa. A RAM é frequentemente usada para atuar como uma zona de espera para arquivos abertos ou dados críticos que um programa pode precisar acessar intermitentemente durante o uso. A RAM não deve ser pensada como armazenamento, por exemplo, mas como um "espaço reservado" para informações valiosas. No entanto, continua sendo uma das quatro partes principais de um computador que ainda está em uso atualmente.